27.03.2008

:: Tecnologias Móveis & Desenvolvimento Social ::


w3c
Seminário W3C
Tecnologias Móveis: seu papel na
Promoção do Desenvolvimento Social

2 e 3 de junho de 2008, São Paulo, Brasil
Mobile</a> Web
Por Paulo Bicarato, às 17:47 de 27.03.2008 - Comentem!
Categoria: Linux Vida Open Source

26.03.2008

:: Chapada das Mesas ::

Inveja boa desse cara, o Edu Issa. Já há um bom tempo ele tá fazendo uma expedição por todos os Parques Nacionais do Brasil. E, pra instigar, periodicamente ele manda alguns informes, só dando uma pequena mostra do material que ele tá coletando. E mostrando que esse nosso Brasilzão é mesmo pra lá de privilegiado...
Parque Nacional da Chapada das Mesas - Maranhão

Texto e Fotos: Eduardo Issa

Edu Issa - Chapada das Mesas
Cachoeira da Prata
A nossa quarta Chapada é no Maranhão!

Depois de conhecer as estonteantes paisagens das três Chapadas brasileiras, sendo elas Diamantina (BA), Veadeiros (GO) e Guimarães (MT), cheguei ao sul do Maranhão com poucas expectativas de encontrar uma paisagem que pudesse me impressionar. Ledo engano, nosso país surpreende seus viajantes nos quatro cantos do seu território.

O parque Nacional da Chapada das Mesas, com uma área de 160 mil hectares, abrange os municípios de Carolina, Estreito e Riachão, no centro-sul do Maranhão. O parque, criado em dezembro de 2005, está inserido nas metas dos órgãos ambientais em aumentar áreas protegidas do bioma Cerrado. Em números, apenas 2,5% do cerrado brasileiro está protegido em unidades de conservação, portanto qualquer ação com o objetivo de ampliar esta proteção será sempre bem-vinda.

A região desta nova chapada ainda apresenta uma riqueza enorme em espécies vegetais e animais e, segundo especialistas, a criação destas unidades é uma corrida contra o tempo para salvar grandes remanescentes do cerrado brasileiro. Entre os planos do Governo Federal está a criação de novas áreas protegidas no Maranhão, formando um mosaico com parques, reservas estaduais, federais e terras indígenas.

Andando por áreas da unidade, não é difícil observar ao longe fumaça gerada por carvoarias e por desmatamento com o objetivo de expandir a fronteira agrícola. Os funcionários do parque já contam com uma brigada de incêndio e nos períodos de seca fazem o trabalho de monitoramento e combate a estes focos. Para Leôncio, chefe da unidade, há muito que ser feito no parque, desde ações básicas como colocação de placas indicativas do parque nacional até ações efetivas como o pagamento de indenizações aos moradores que têm propriedades dentro da unidade.

Voltando às paisagens, fica bem claro para os visitantes que esta região apresenta um enorme potencial turístico e que aos poucos vem sendo descoberto por aventureiros brasileiros e estrangeiros. A diversidade de ambientes é outra característica marcante da chapada maranhense -- são cachoeiras, cavernas, formações rochosas em forma de mesa e outras paisagens peculiares da região. Com todos estes atrativos, o Parque Nacional da Chapada das Mesas vem se tornando uma alternativa para o turismo do Maranhão, disputando espaço com os famosos Lençóis Maranhenses, no Norte do Estado.

Mas vale ressaltar que o local ainda permanece sem muita estrutura e, para andar pela área do parque e visitar alguns de seus atrativos, só é possível em veículos tracionados. O município de Carolina já conta com algumas pousadas e agências de ecoturismo habilitadas a transportar visitantes com segurança. De qualquer forma é bom estar preparado para o sacolejo das trilhas e muita poeira, buracos são freqüentes até nos trechos de asfalto.

Na verdade, para os aventureiros e exploradores de locais pouco visitados, estes perrengues são combustível para conhecer estes paraísos e selecionam os acomodados que querem descer do carro e por o pé na água. Para José Eduardo Camargo, jornalista acostumado a descobrir novos destinos pelo Brasil, a Chapada das Mesas tem os ingredientes necessários para se tornar um bom destino de aventura. A cidade de Carolina, às margens do Rio Tocantins, é o ponto de partida para quase todos os passeios. Por via aérea, o aeroporto mais próximo de Carolina é o de Imperatriz, distante 200 quilômetros.

Edu Issa - Chapada das Mesas
Portal da Chapada
Em busca da mais famosa queda dentro do parque, a Cachoeira da Prata, a pequena estrada sem sinalização cruza o cerrado bordeando pequenas propriedades de moradores que aguardam a definição e pagamentos referentes à indenização de suas propriedades. Seu Pedro Carneiro, que sempre viveu ao lado da queda, atualmente já colhe os frutos do turismo e serve uma deliciosa comida caseira aos visitantes. Se você chegar à cachoeira não deixe de atravessar o rio Farinha por uma pequena balsa improvisada e tomar um banho na parte baixa das quedas, a melhor parte do passeio.

Nesta área do parque, ainda no mesmo dia é possível conhecer o Morro das Figuras, uma parede rochosa com inscrições esculpidas e pintadas por povos antigos que viveram na região. De volta ao veículo, finalizamos o passeio visitando a cachoeira com o maior volume d’água do parque, a queda de São Romão, que além de curtir uma bela prainha ainda é possível, acompanhado de um guia, entrar por trás da cortina d’água.

Já perto de Carolina, deixe o carro na estrada e numa caminhada sem muito esforço morro acima é imperdível contemplar o pôr-do-sol no Portal da Chapada. Uma fenda na rocha emoldura a paisagem e nos arredores temos a visão dos morros em forma de mesa que deram nome ao parque.

Seguindo pela estrada em direção ao município de Riachão, um asfalto todo esburacado leva a duas preciosidades desta região, o Poço Azul e o Encanto Azul. A transparência da água e seus tons azulados convidam ao mergulho e fazem lembrar outras maravilhas do Brasil, como a Gruta da Pratinha na chapada baiana.

Se você gosta de viagens recheadas de aventura e paisagens arrebatadoras, o Parque Nacional da Chapada das Mesas no Maranhão pode ser seu próximo destino. Esperamos que a implantação de fato da unidade seja efetivada em breve e assim muitos brasileiros poderão conhecer estes tesouros com mais estrutura e possa assim ajudar a protegê-los.

Seguindo para o PN das Araucárias-Santa Catarina
Expedição Eduardo Issa Tudo o que o Alfarrábio já publicou sobre a expedição do Eduardo Issa.
Por Paulo Bicarato, às 16:52 de 26.03.2008 - Comentem!
Categoria: On the Road

:: Volta às Trevas ::

É só juntar um bocado de boas intenções (que, todos sabemos, tá cheio lá no inferno) com ignorância (dããã...) e falta de bom senso (o quê?), mais uma boa dose de falta de discernimento sobre o que é a internet (não é TV, caramba!) pra dar nisso. O Pedro Doria comenta, com toda a propriedade:
Algo de gravíssimo acaba de acontecer e afetará brutalmente a condução das eleições municipais brasileiras, no fim do ano. Está na resolução 22.718 do Tribunal Superior Eleitoral, no artigo 18, que trata das restrições à campanha online: ‘A propaganda eleitoral na Internet somente será permitida na página do candidato destinada exclusivamente à campanha eleitoral.’

O TSE acaba de proibir toda comunicação política eleitoral via YouTube, Orkut, Twitter. É possível que, dependendo da interpretação que se dê à resolução, um cidadão – qualquer cidadão – se veja proibido de manifestar suas opiniões políticas em seus blogs pessoais com banners. É como proibir o sujeito de vestir a camisa de seu candidato ou pendurar um button na lapela.

[...] Ao confundir um perfil no Orkut ou um canal no Twitter com um galhardete que suja a cidade ou mensagens mil que entopem a caixa de email, o ministro proibiu que os candidatos circulem nas ruas da Internet e se manifestem em busca de seus eleitores da mesma forma que fazem nas ruas das cidades, pessoalmente.

[continua aqui]
Taí mais um grande passo pra volta à Era das Trevas... O SAmadeu também comenta o causo:
O TSE quer limitar as possibilidades de interação, na campanha eleitoral, entre os candidatos e os cidadãos a um site que deve necessariamente estar vinculado a um determinado domínio? A riqueza da esfera pública interconectada, tão comentada por pesquisadores como Yochai Benkler e Lawrence Lessig, não estaria sendo suprimida com uma resolução tão limitadora?

[...] Para que uma regulamentação tão autoritária? Por que esta tentativa de limitar formas originais de campanha na blogosphera e nos demais cantos do ciberespaço? Alguns poderiam responder "para coibir o poder econômico". Mas como bem apontou o Prof Benkler, a diferença brutal entra a esfera pública dominada pelos mass media e a esfera pública interconectada, realizada, pela Internet, ocorre exatamente pela arquitetura de informação distribuída da rede e pela eliminação dos custos para se tornar um falante. Ou seja, uma resolução que deixa dúvidas sobre a possibilidade de uso das redes sociais, de sites como youtube, está negando as possibilidades gratuitas da rede. Assim está beneficiando o uso das mídias pagas, do brodcasting. Isto, sim, incentiva o poder econômico em detrimento de quem tem diálogo, relacionamento e audiência na rede.

É muito difícil legislar sobre as características da comunicação em redes digitais interativas. É preciso clareza. Esta resolução deveria garantir a liberdade de expressão, interatividade e uso legítimo de todo o potencial da web 2.0. Esta resolução não deveria ser um impeditivo do uso da inteligência coletiva, das práticas colaborativas, como recursos democráticos legítimos.

[continua aqui]
Por Paulo Bicarato, às 14:42 de 26.03.2008 - Comentem!
Categoria: Primeira Edição

:: Campo Coletivo ::

Marcelo Terça-Nada avisa:
Na quinta-feira 27/3 às 20h acontecerá a abertura da exposição "Campo Coletivo" no Mariantonia, na qual participo com alguns trabalhos do Poro. Participam também da exposição: Espaço Coringa (SP) + Laranjas (RS) + Cine Falcatrua (ES) + Poro (MG) + Base Móvel (SP/CE) + GIA (BA). Mais:
http://www.usp.br/mariantonia
http://poro.redezero.org/
http://virgulaimagem.redezero.org/

Campo Coletivo
Por Paulo Bicarato, às 12:19 de 26.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: Linux Vida Open Source

25.03.2008

:: Rede EcoBlogs ::

Taí mais um exemplo belíssimo sobre como as redes podem funcionar. Recebo e-mail do camarada Wagner Tamanaha sobre o lançamento da Rede Ecoblogs. Vindo de quem vem, e conhecendo alguns dos participantes como conheço, tenho certeza de que vai vingar, e bem. Eles se explicam:





A Rede Ecoblogs é feita de pessoas que como você pensam e agem por um mundo mais sustentável. Leia, comente, avalie, critique, envie sugestões e relatos, sugira novos assuntos, entre em contato. Participe de nossas comunidades no Orkut e no Flickr. Divulgue a Rede Ecoblogs e os blogs participantes conversando com seus amigos pelo instant messenger, redes sociais, escrevendo e publicando em seu blog um dos selos e banners.
Melhor do que eu, o camarada Wagner explica mais sobre o projeto:
Então, hoje foi a estréia oficial da Rede Ecoblogs , um agregador e biblioteca online de posts sobre meio ambiente e sustentabilidade. O objetivo é que o site reúna relatos, dicas e experências sobre o tema socioambiental replicado dos blogs participantes. Desta forma pretende facilitar a organição e o acesso a esse tipo de conteúdo que cada vez mais desperta o interesse de toda a sociedade, atingir o público dos blogs participantes e em troca também levar novos visitantes aos autores da Rede.

Os primeiros participantes convidados a fazer parte da Rede Ecoblogs são: Carol Costa do blog Guindaste, Denise Rangel do Sturm Und Drang, Jorge Henrique Cordeiro do blog O Escriba, Lucia Freitas do Ladybug Brasil e Rodrigo Barba. Todos já escreviam ocasionalmente sobre o tema, entre vários outros assuntos como é usual nos blogs, e agora passam a compartilhar os posts que julguem adequados, replicando no site da Rede Ecoblogs.

Outras características dos blogs participantes é que revelam o esforço pessoal, o processo de mudanças de hábitos, descoberta de novas informações e a interação com outras pessoas com atitudes semelhantes. Desta forma, cada blog a seu modo, abordam assuntos como: reciclagem, preservação, tecnologias limpas, design, arquitetura, educação ambiental, tutoriais, dicas, agricultura orgânica, etc. O lançamento da Rede Ecoblogs pode também pode motivar a discussão sobre o assunto entre outros blogueiros ou mesmo inspirar o surgimento de novos blogs.

A Rede Ecoblogs tem o apoio da Fundação MAPFRE, que com esta e outras ações do programa ambiental Eco MAPFRE visa substituir processos dispendiosos de papel e tinta por alternativas ecoeficientes e o maior uso de recursos web. Toda economia resultante destas ações será destinada às ações ambientais do Parque Estadual da Serra do Mar.

Para saber mais:
>> Rede Ecoblogs:
http://www.ecoblogs.com.br
>> Rede Ecoblogs, A Rede:
http://www.ecoblogs.com.br/index.php/a-rede/
>> Rede Ecoblogs, Participantes:
http://www.ecoblogs.com.br/index.php/participantes/
>> Post do Wagner no Blog de Guerrilha:
http://www.blogdeguerrilha.com.br/2008/03/25/rede-ecoblogs-agregador-e-biblioteca-online-de-posts-sobre-meio-ambiente-e-sustentabilidade/
>> Release para a Imprensa:
http://docs.google.com/Doc?id=dhjmchtw_12crk7rdcf
Segundo clichê: isso tudo me lembra um post que fiz em 2005 e que até hoje recebe comentários. O interessante é que esse post praticamente ganhou *vida própria* e se transformou em uma espécie de *fórum*, com o pessoal trocando / pedindo dicas, relatando experiências e tal.
Por Paulo Bicarato, às 15:07 de 25.03.2008 - 4 comentários
Categoria: Blogosfera

24.03.2008

:: Biblios ::

Spam, às vezes, surpreende. Esse eu recebi via Orkut -- como todo spam, fico com o sifonáptero na parte posterior do pavilhão auricular, mas de qualquer maneira me parece uma idéia interessante:
Você escreve textos curtos ou mesmo já escreveu um livro? Como você gosta de escrever, queria recomendar a você um site sério. É o portal Mesa do Editor, que apresenta suas obras a editoras. Lá tem mais de 1.100 editoras que acessam e usam o portal como um "google" de obras inéditas. Mesmo se não quiser fazer uma assinatura, eles apresentam de graça seus trabalhos a editoras durante um dia por mês. Vale tudo: livros, contos, poemas etc. O endereço é www.mesadoeditor.com.br.
Se alguém tiver mais alguma referência sobre o site, agradeço.
Por Paulo Bicarato, às 14:50 de 24.03.2008 - Comentem!
Categoria: Biblios

20.03.2008

:: Ruptura: Já É ::

Copy&Paste direto do HdHd.
Não se tem mais necessidade do capital! A valorização passa pela cabeça, eis a grande transformação. A Multidão tomou consciência, ela não admite mais que se lhe leve o produto do seu trabalho. Veja as recentes manifestações antiglobalização de Rostock, na Alemanha. Não é mais a velha classe operária. É o novo proletariado cognitivo: ele está em nos empregos precários, no trabalho dos ‘call centers’ ou dos centros de pesquisa científica. Ele gosta de colocar em comum sua inteligência, suas linguagens, sua música... Esta é a nova juventude! Agora existe a possibilidade de uma gestão democrática absoluta
--
Antonio Negri - Nós somos os homens novos. A ruptura já se deu
Por Paulo Bicarato, às 17:24 de 20.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: Linux Vida Open Source

:: Mino e a Carta ::

Sobre o post abaixo, e mais especificamente sobre a solidariedade do Mino Carta ao Paulo Henrique Amorim, fechando o blog no iG, vejo agora que o último post recebeu nada menos do que 690 comentários até as 14h32 de hoje -- todos (ou pela menos a maioria absoluta, até onde pude ver) apoiando e elogiando a postura do Mino. Fica apenas a pergunta: a CartaCapital continuará a ser hospedada no iG?
Por Paulo Bicarato, às 15:34 de 20.03.2008 - Comentem!
Categoria: Primeira Edição

19.03.2008

:: Paulo Henrique Amorim ::

E o xará (sim, também sou *Paulo Henrique*) foi demitido do iG. Desculpa esfarrada e simplória: o blog dele tinha baixa audiência... Mas ele já tá em outro endereço, e explica:
Paulo Henrique Amorim
O Conversa Afiada ficou fora do ar por 08 horas e 58 minutos.

Breve, escreverei um Máximas e Mínimas para tentar explicar o que aconteceu.

O iG se limitou a enviar uma notificação assinada por Caio Túlio Costa, para avisar que o contrato se rescindia de acordo com clausula que previa um aviso prévio.

Não é a primeira vez que me mandam embora de uma empresa jornalística.
Só o Daniel Dantas me “tirou do ar” duas vezes: na TV Cultura e no Uol.
E ele sabe que não vai me tirar, nunca ...

Com isso, se encerrou a vida deste blog num portal da internet.
Nenhum blog de relevância política nos Estados Unidos, por exemplo, está pendurado num portal.

Clique aqui para ver: http://www.huffingtonpost.com ou http://www.talkingpointsmemo.com, para ficar em dois dos melhores exemplos.

Essa é a virtude a internet: último reduto do jornalismo independente.

Assim, se você acha que o Farol de Alexandria e o presidente eleito são dois impostores; se você gosta do Festival do Tartufo Nativo; se acha que o PIG, além de ilegível, não tem salvação; que os portais da internet brasileira são uma versão – para pior – do PIG; que a Veja é a última flor do Fascio; que o Ministro (?) Marco Aurélio de Mello deveria ser impeached; que Daniel Dantas deveria estar na cadeia;que Carlos Jereissati e Sergio Andrade vão ficar com a “BrOi” sem botar um tusta; que a “BrOi” significa que o Governo Lula vai tirar Dantas da cadeia; que chega de São Paulo, porque está na hora de um presidente não-paulista etc etc etc ... se você acha tudo isso, continue a visitar o Conversa Afiada neste novo e renovado espaço.

Em tempo: o Conversa Afiada anuncia publicamente que não é candidato a nada no iBest. Nunca levou isso a sério. Não vai ser agora que vai levar.

Muitas novas atrações virão.

Até já !

Paulo Henrique Amorim
Segundo clichê: e hoje, exatamente às 12h54, o Mino Carta fechou seu blog -- que também estava hospedado no iG -- em solidariedade ao PHA. Talvez agora o iG se toque do tiro no pé... Copio aqui o último post, antes que o iG tire do ar:
Meu blog no iG acaba com este post. Solidarizo-me com Paulo Henrique Amorim por razões que transcendem a nossa amizade de 41 anos. O abrupto rompimento do contrato que ligava o jornalista ao portal ecoa situações inaceitáveis que tanto Paulo Henrique quanto eu conhecemos de sobejo, de sorte a lhes entender os motivos em um piscar de olhos. Não me permitirei conjecturas em relação ao poder mais alto que se alevanta e exige o afastamento. O leque das possibilidades não é, porém, muito amplo. Basta averiguar quais foram os alvos das críticas negativas de Paulo Henrique neste tempo de Conversa Afiada.
Por Paulo Bicarato, às 13:35 de 19.03.2008 - 69 comentários
Categoria: Coleguinhas

17.03.2008

:: Agonia da Besta ::

Abre aspas:
[...] Essa concentração de riquezas absurda, ou esse monstro criado e alimentado por essa economia surreal, está dando seus últimos suspiros - ou urros. Como um câncer que destrói o órgão que o alimenta, esse modelo econômico está corroendo a nação que o criou e alimenta. O paciente sobrevive à base de medicamentos caros, que estão no fim do estoque. [...]
Escrevi isso em meados de 2005, quando a economia estadunidense ainda não passava pela crise atual. Na época, o Maneco publicou na Novae e, devido a uns probleminhas de troca de servidor etc., o artigo saiu do ar. Hoje, pedi pro Maneco fuçar nos becapes dele lá e mandar pra mim. Mas ele fez mais: republicou, na capa. Confiram a Agonia da Besta. Valeu, Maneco! [leia mais...]
Por Paulo Bicarato, às 15:40 de 17.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: Pensatas

: Nas Asas do Cinema ::

Curtas-metragens e oficinas de vídeo documentário pra estudantes das redes pública eprivada na zona leste de São José dos Campos. Basicamente, é este o objetivo do projeto Nas Asas do Cinema - Circuito Petrobras, lançado semana passada. O projeto segue até outubro, quando o resultado do trabalho -- um documentário que deverá mostrar problemas da comunidade -- será mostrado aos candidatos a prefeito.

Segundo o site, foram mais de 34 mil espectadores, em 254 sessões realizadas entre 2005 e 2007, com direito a debates após as exibições. Quem tá nesse trampo é a coleguinha Vana -- quem quiser saber mais e apoiar, pode escrever pra ela.
Por Paulo Bicarato, às 14:49 de 17.03.2008 - 3 comentários
Categoria: Primeira Edição

14.03.2008

:: Corruptas ::

Deu na BBC: *Formigas são 'traiçoeiras e corruptas', diz estudo*. Os pesquisadores são ingleses, mas a matéria não diz a nacionalidade das formiguinhas... Pra completar, tem mais essas:

>> *Invasão de formigas cria dilema para monges pacifistas*
>> *Mordida de formiga chega a 100 km/h*
>> *Formiga "conta passos" para voltar ao ninho, diz estudo*
Por Paulo Bicarato, às 15:41 de 14.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: PretoNoBranco

:: Alegria, Miruca, Futuro, Axé ::

Economia Solidária. Pra quem ainda acha que é apenas uma utopia, é bom saber que iniciativas estão pipocando por toda parte. Basta conferir a Rede Paulista de Trocas Solidárias, ou ainda a reportagem que saiu na Folha há alguns dias, sobre feiras e clubes de trocas. Na reportagem (aqui, aqui e aqui, só pra assinantes, mas que eu copio na íntegra logo abaixo), há endereços de feiras em Brasília, São Paulo, Florianópolis e Salvador. Quer saber o porquê do título do post? É só ler a seguir... [leia mais...]
Por Paulo Bicarato, às 15:21 de 14.03.2008 - 7 comentários
Categoria: Primeira Edição

:: Ora, veja Só... ::

E o Idelber sugere alguns selinhos de campanha bem-humorada contra a veja (pra mim, sempre com minúscula). Se alguém tiver mais alguma sugestão, é só mandar.
Veja - Leia a do seu vizinho

Veja - Leia só em versão pirata

Veja - Leia, mas não acredite

Eu acredito em gnomos e na Veja

Vamos parar de levar a Veja a sério

Veja: cancele sua assinatura e gaste o dinheiro em algo útil

Leia a Veja. Depois vá se informar [minha preferida]
E segue a ótima briga comprada pelo Nassif (FF também entrou nessa).
Por Paulo Bicarato, às 13:30 de 14.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: Blogosfera

13.03.2008

:: Em Busca do Brasil Profundo ::

Submidialogia
Se alguém me perguntar por que sou fã desse carinha, tá aqui uma prova. O FF fez uma bela compilação-histórico das ações e movimentos mídia-ativistas, com o sugestivo título acima. Vale a pena ler na íntegra; tá no sétimo caderno submidiático.

*Software Livre é divertido porque é um jogo... posso ficar dias polindo a ferramenta, a ponto de esquecer porque uma vez quis usá-la.*

Mas... *cadê o nosso Macunaíma?* É essa festa de que precisamos, e que precisamos incentivar cada vez mais. Quando ele fala em *jogo*, me veio à mente o aspecto lúdico de todo o processo, o aprender-compartilhar brincando.

Interessa mesmo é mais o processo do que os objetivos em si -- as conclusões de que o FF fala. E, claro, o espírito anarquista (no melhor dos sentidos) emoldurando/moldando tudo. Macunaíma tá aí, no coração e mente de todos. Tudo a ver com a Sosaci: brincadeira séria de resgate cultural, de resistência. E segue o Mutirão da Gambiarra...
Por Paulo Bicarato, às 16:20 de 13.03.2008 - Comentem!
Categoria: Linux Vida Open Source

11.03.2008

:: iPhoneando ::

iPhone
Como adiantei uns posts atrás, voltaria a falar do camarada Danilo por aqui. Bom, depois de alguns meses de espera, finalmente o carinha desbloqueou meu iPhone. Como ele veio das Oropa (o iPhone, não o Danilo), chegou por aqui com a versão mais recente do firmware, o que fez com que tivesse que esperar um pouco.

Claro que este alfarrabista ainda conseguiu fazer umas besteirinhas na hora de importar os contatos, mas com a ajuda online do Danilo consegui arrumar o que faltava. Mas navegar com o bichinho é realmente um barato -- e aqui, com a rede wi-fi, mais ainda.

Este alfarrabista nunca imaginou que teria esse bichinho nas mãos, seja pelo preço, seja por aversão ao consumismo, seja até pela preferência por ferramentas low-tech. Mas foi presente da companheira-cúmplice e, óbvio, muitíssimo bem-vindo =^)

Por Paulo Bicarato, às 19:01 de 11.03.2008 - 3 comentários
Categoria: Tecnologices

07.03.2008

:: Humor Binário ::

Em qual categoria você se encaixa?
Existem 11 tipos de pessoas com relação ao código binário: as que realmente entendem, as que não entendem nada e as que fingem ter entendido essa piada...
Eu tô no primeiro grupo =^)
Por Paulo Bicarato, às 15:31 de 07.03.2008 - 5 comentários
Categoria: Tecnologices

:: Comandos em Ação ::

Linux X Windows

[Direto daqui]

Segundo clichê: da mesma fonte, e se a Microsoft fabricasse relógios:

Relógio by Microsoft
Por Paulo Bicarato, às 13:22 de 07.03.2008 - 2 comentários
Categoria: Linux Vida Open Source

06.03.2008

:: NewsCamp ::

NewsCampNewsCamp: juntar um monte de jornalistas, blogueiros & afins pra uma desconferência. Neste sábado, 8 de março, a partir das 9h, no Gafanhoto. Pro fim da tarde, cervejada em algum boteco próximo, of course.
Por Paulo Bicarato, às 15:40 de 06.03.2008 - 1 já comentou aqui
Categoria: Coleguinhas

:: Tempos Modernos ::

Tempos modernos

[Post roubado descaradamente do camarada Danilo, carinha de quem voltarei a falar aqui nos próximos dias...]
Por Paulo Bicarato, às 12:15 de 06.03.2008 - 2 comentários
Categoria: Blogosfera

04.03.2008

:: Biblioteca dos Blogs ::

Dica do camarada Träsel:
As pesquisadores Raquel Recuero, Adriana Amaral e Sandra Montardo montaram uma lista de artigos sobre blogs escritos por autores brasileiros desde o ano 2000. Farto material para monografias, dissertações e teses.

Se alguém aí tiver publicado um artigo que não está na lista, as pesquisadoras pedem que manifeste-se. A lista é parte de um panorama da pesquisa em blogs no Brasil, que vai figurar num livro a respeito do tema. Também vai figurar no livro um artigo escrito por mim, sobre as definições de weblog. Uma versão mais estruturada do texto "blogs já eram", como havia prometido um tempo atrás.
Vou fazer um catado dos meus rascunhos e mandar umas coisinhas pra elas...
Por Paulo Bicarato, às 14:56 de 04.03.2008 - 2 comentários
Categoria: Blogosfera

03.03.2008

:: Redes em Ação ::

Daltão mostra a rede, e parte das ações que rolaram na Campus Party. Bonito, esse povo =^)

Segundo clichê: fazendo justiça: que fique registrado que tem a mão e as articulações e as elocubrações do HdHd nessa bagaça toda.
Por Paulo Bicarato, às 13:13 de 03.03.2008 - Comentem!
Categoria: Linux Vida Open Source

:: Nazi-Sionismo ::

Dois caras que eu admiro, o Idelber Avelar e o Pedro Doria, comentam sobre os massacres israelenses. Fico com o Idelber [grifos em itálico são meus]:
O estado nazi-sionista continua com sua matança indiscriminada em Gaza. Israel conseguiu bater recordes de criminalidade internacional neste sábado: bombardeios a civis, assassinatos de crianças e bebês de seis meses de idade [não, eu não acessei esse link], ambulâncias metralhadas. Mais de 60 mortos, sendo pelo menos um terço crianças; mais de 200 feridos, boa parte deles em estado muito grave. Israel simplesmente faz o que quer e a comunidade internacional se cala.

[...] É a estratégia denunciada pelo próprio israelense Dorom Rosemblum como “Só mais um”. Só mais uma matança, só mais uma “incursão”, só mais uma chacina. Quando algum desses “razoáveis” e “ponderados” cúmplices do nazi-sionismo objetar ao uso do termo “Holocausto” para descrever o que está acontecendo em Gaza, avise que é o próprio Ministro de Defesa de Israel que está prometendo Holocausto. Assista, se agüentar, as imagens do genocídio em Gaza: [eu não tive a coragem de ver; quem tiver, veja aqui]

O mínimo que podemos fazer é escrever à embaixada dos nazistas para manifestar o que pensamos sobre o assunto. O email da embaixatriz nazi-sionista no Brasil é ambassadorsec@brasilia.mfa.gov.il

Nada, nada vai fazê-los parar até que a pressão da comunidade internacional se torne insustentável. Boicote Israel. Boicote os produtos israelenses. Boicote as firmas israelenses. Não há conversa “ponderada” e “equilibrada” possível sobre este assunto. Só a hostilidade incondicional do resto do mundo tem alguma chance de deter esses assassinos.
Por Paulo Bicarato, às 12:04 de 03.03.2008 - 2 comentários
Categoria: Primeira Edição